domingo, outubro 09, 2005

Início e fim sem meio


Estranho isso de estrear uma nova página. Quase como renascer uma parte. Deveria dizer coisas de mim, mas sou muito pouco interessante. O que aliás poderia desencadear uma reflexão sobre o sentido de estar aqui criando esse sítio de loucuras ainda não cultivadas. Há muito deixei de buscar sentido, prefiro sentir. Estou jogando na terra molhada, na página negra, sementes de uma nova eu. Uma nova parte nasce. Uma velha parte morre. Uma velha parte nasce. Uma nova parte morre. E eu? Cíclica. Sifilítica. Cancerosa. Avião. Palma. Arquiteta do porvir. Insulto. Eu e eu e eu e eu e eu. Ego. Um lugar pra mim só.
Mas se quiser entrar, fique à vontade...

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Hahahahahahahahahhaha

    Estava eu me preparando pra te chamar de sifilítica-clap quando leio a joça do post e tudo desmorona...

    Ih, nem foi tão engraçado assim.

    Vou colocar você nos meus links, vou sempre ler isso aqui, vou sempre comentar, porque eu sou obsessiva-compulsiva e tenho metade da sua alma (de repente isso faz com q vc tenha um pedaço da minha).

    ResponderExcluir
  3. O EMÍLIO SANTIAGO COMENTOU NO SEU BLOG!!!!
    ESTOU ME FUZILANDO DE INVEJA!

    ResponderExcluir
  4. Oláaaaa!!!!!!
    Eliza vc é uma das pessoas mais comédias q eu conheço.... Ngm merece nós 2 na internet a tarde toda aqui na fiocruz em vez de ficar pesquisando s/ os nossos sub-projetosss!!!!hehehehhe
    Essa foto tah linda demais.... Adorei!!!!

    Saiba q te acho uma minina super divertida, inteligente, legal.......Adorei ter te conhecido!!!
    Bom, então eh isso.... Bjssss loukinhaaaaaaa

    ResponderExcluir

Sintaxe à vontade: