sexta-feira, junho 15, 2012


Quando partiste
sem mala ou bilhete
Quando negou-me
teu colo e teu perdão
Deixou no canteiro
do quintal desesperado
Uma rosa vermelha
cravada aqui no chão
Desse dia em diante
Para te deixar lembrada
De manhã bem cedinho
molho a rosa, molho a flor
Rosa que és tão linda
Rosa-flor imaculada
Rosa sejas tão linda
Como foi a minha amada

Desse dia em diante
Para te deixar lembrada
De manhã bem cedinho
molho a rosa, molho a flor
Rosa que és tão linda
Rosa-flor imaculada
Rosa sejas tão linda
como foi a minha amada

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sintaxe à vontade: